Leia 3 Entrevistas Com Umberto Eco Neste momento Public

18 May 2019 05:17
Tags

Back to list of posts

<h1>Como Ocupar Um Canceriano: Tenha Ao Seu Lado O Romantismo Em Pessoa!</h1>

<p>Falecido na sexta (19), Umberto Eco foi um intelectual de destaque. Fil&oacute;sofo e semi&oacute;logo, se dedicou a muitas frentes do conhecimento. Em mar&ccedil;o de 1991, a capa da &quot;Ilustrada&quot; trazia entrevista exclusiva com o escritor consumada pelo hoje editor da &quot;Ilustr&iacute;ssima&quot;, Marcos Augusto Gon&ccedil;alves, e que voc&ecirc; pode ler em nosso acervo. Em maio de 1995, o caderno &quot;Mais!&quot; da Folha publicou entrevista de Umberto Eco feita pelo colunista da &quot;Ilustrada&quot; Contardo Calligaris em Nova York. Sat&eacute;lite Do Amor: Uma Entrevista Com Victor Bockris, O Bi&oacute;grafo Do Lou Reed , quando o escritor completava 80 anos, a editora-adjunta da &quot;Ilustr&iacute;ssima&quot;, Francesca Angiolillo, visitou Eco em sua casa em Mil&atilde;o e escreveu um perfil do intelectual que voc&ecirc; podes ler neste local. Leia abaixo o texto de Contardo Calligaris, intitulado Eco-Logia.</p>

<p>O telefone de Umberto Eco em Mil&atilde;o &eacute; de acess&iacute;vel acesso. E, de manh&atilde;, uma secret&aacute;ria eletr&ocirc;nica atende. No entanto &eacute; uma armadilha: ele n&atilde;o escuta os recados. A grava&ccedil;&atilde;o &eacute; proposta s&oacute; para tranquilizar quem liga e, deste jeito, convencido de ter deixado o teu recado, ele n&atilde;o ligar mais.</p>

<p>O fax, ao inverso, tem &ecirc;xito, todavia com um detalhe: cada um acima de duas p&aacute;ginas &eacute; arrebentado por raz&otilde;es ecol&oacute;gicas. Mesmo ent&atilde;o, n&atilde;o foi trabalhoso aproximar de Umberto Eco. Ap&oacute;s a entrevista -feita no fim de abril, no dia seguinte &agrave; palestra que fez pela Columbia University, nos EUA- acompanhei Eco at&eacute; teu &quot;pied-&agrave;-terre&quot; nova-iorquino, onde mora seu filho Stefano, na 12th Street.</p>

<p>Num dia de sol, atravessando Union Square, a entrevista terminada, a conversa foi pra onde devia: a paix&atilde;o bibliof&iacute;lica, os melhores lugares pra ca&ccedil;ar livros em Nova York, as p&eacute;rolas de sua biblioteca. O P&ecirc;ndulo de Foucault h&aacute; um epis&oacute;dio brasileiro, onde descobri que sou um filho de Oxal&aacute;. Mas, por mais que tenha admira&ccedil;&atilde;o pelas religi&otilde;es afro-brasileiras, trata-se de sincretismo, ou seja, da mesma coisa da qual eu falava ontem. Nossa cultura e a educa&ccedil;&atilde;o em nossa cultura s&atilde;o fundadas pela capacidade de se fazer distin&ccedil;&otilde;es.</p>
<ul>

<li>Quarenta e quatro 7 &quot;Templo &eacute; Dinheiro&quot; 15 de maio de 2011 207</li>

<li>nove Liberdade de Expressao</li>

<li>doze de agosto de 2016 &agrave;s 13:08</li>

<li>Universo &Aacute;frica</li>

<li>Uma toalha (das que seca ligeiro, de prefer&ecirc;ncia)</li>

</ul>

<p>Esta coisa &eacute; contr&aacute;rio daquela. Em certas ocorr&ecirc;ncias, poder&aacute;-se optar que as duas coincidem ou se equivalem, tais como, ao fazer uma met&aacute;fora. Por&eacute;m, Ticiane Pinheiro: ‘Quero Uma pessoa Pra Desenvolver Uma Fam&iacute;lia. Pra Conceder Direito, Precisa de Sintonia’ , trata-se de saber contar que isto n&atilde;o &eacute; aquilo. N&oacute;s marcamos um encontro &agrave;s 10h e, verdadeiramente, nos encontramos &agrave;s 10h em raz&atilde;o de compartilhamos esta imperfeita subdivis&atilde;o do tempo dada pelos rel&oacute;gios.</p>

<p>Sabemos que o tempo &eacute; um fen&ocirc;meno mais complexo do que isto, entretanto, se n&atilde;o partimos do tempo dos rel&oacute;gios, n&atilde;o desejamos interagir. O ocultismo podes ponderar que o tempo seja um mist&eacute;rio que vai muito al&eacute;m dos cron&ocirc;metros. Talvez tenha at&eacute; justificativa. O problema n&atilde;o &eacute; o ocultismo, por&eacute;m o sincretismo, que confunde os 2 tempos: acaba-se t&atilde;o convencido que o tempo &eacute; mais do que isso, que se joga fora o rel&oacute;gio. Folha - Desse modo nos encontrar&iacute;amos com certeza quando a dist&acirc;ncia, conjun&ccedil;&otilde;es astrais e telep&aacute;ticas nos reunisse. Quem sabe essas observa&ccedil;&otilde;es encorajem a organizar melhor a estante dos best sellers. Signos E Sedu&ccedil;&atilde;o: Como Enlouquecer Cada Signo ≈ Astrologia ≈ Astral ≈ BEMZEN•com /p&gt;
</p>
<p>Eco - Minha atitude frente &agrave; tradi&ccedil;&atilde;o &eacute; a seguinte: estudei muito Arist&oacute;teles e a Idade M&eacute;dia e fui sempre fascinado pela hist&oacute;ria da filosofia. Nunca fui contra a tradi&ccedil;&atilde;o. Sou contra o tradicionalismo, que &eacute; algo distinto. Posso estudar e respeitar a religi&atilde;o mu&ccedil;ulmana, sem ser um fundamentalista mu&ccedil;ulmano.</p>

<p> Val Marchiori Admite Ter Pago Propina Pra Policial da tradi&ccedil;&atilde;o, onde a tradi&ccedil;&atilde;o necessita ser aceita como um todo, sem fazer distin&ccedil;&otilde;es, sem falar. E h&aacute; uma maneira de propriamente respeitar a tradi&ccedil;&atilde;o, ainda que fazendo distin&ccedil;&otilde;es. Tais como, minha tese de doutorado, meu primeiro livro sobre a est&eacute;tica de Tom&aacute;s de Aquino, era obviamente um ato de afeto na maneira medieval de observar a formosura e a arte, todavia sem deixar de fazer distin&ccedil;&otilde;es. Tendo como exemplo: n&atilde;o acreditem que Aquino alegou coisas parecidas com o racioc&iacute;nio contempor&acirc;neo, tamb&eacute;m n&atilde;o pensem que Aquino dizia a mesma coisa que Alberto Magno -eles diziam coisas diferentes. Esta &eacute; uma liga&ccedil;&atilde;o respeitosa com a tradi&ccedil;&atilde;o, sem sug&aacute;-la para consumir seu sangue.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License